Categories COVID-19, Fardas, Manutenção e Lavagem, Uniformes

COVID-19: Como efetuar a lavagem e cuidar das Fardas de Trabalho?

Posted on
COVID-19: Como efetuar a lavagem e cuidar das Fardas de Trabalho?

Durante este período do COVID-19, uma das grandes preocupações é de que forma devemos cuidar dos nossos pertences. O vestuário, não é exceção. Existem muitas questões sobre os cuidados especiais que deveremos ter e dúvidas em relação à forma de lavagem.

Este tópico é relevante, não só para particulares com também para os negócios, pois muitas das empresas apostam na opção do uso de Fardas de Trabalho por parte dos seus colaboradores. As Fardas necessitam, durante este período COVID-19, de tratamento especial no que toca à lavagem e manutenção, existindo alguns elementos que deveremos ter em consideração.

Ainda não existem estudos que indiquem ao certo quanto tempo o vírus COVID-19 pode permanecer em diferentes tipos de vestuário. Desta forma, é sensato que as Fardas sejam lavadas com maior precaução comparativamente ao que fazíamos antes do aparecimento do COVID-19.

Este artigo irá focar-se então nesse aspeto: Dar a conhecer certos cuidados a ter antes, durante e após a lavagem das Fardas de Trabalho e também fornecer algumas dicas interessantes que ajudarão qualquer negócio a garantir uma maior durabilidade das suas Fardas durante este período COVID-19.

  • Sugestão de lavagem: É recomendado que as peças sejam lavadas por profissionais no setor, ou seja, um serviço efetuado por uma lavandaria. Isto porque eles saberão tratar corretamente o seu tipo de Farda. Desta forma, os seus colaboradores não precisarão de levar as suas Fardas para casa;
  • Etiqueta de composição: Tenha em atenção às etiquetas de composição das peças antes de tratar da sua lavagem;
  • Calor: O vírus COVID-19 é sensível à temperatura, por isso tenha em atenção às temperaturas de lavagem e de secagem para que, caso a Farda esteja contaminada, fique complemente sem vestígios do vírus COVID-19;
  • Separação da roupa: Garanta que faz a separação entre as Fardas e outro tipo de vestuário que não esteja potencialmente contaminado antes de efetuar a lavagem;
  • Local de colocação após uso: Depois da utilização da Farda deverá a colocar num local específico para o efeito de maneira a que, caso as peças estejam infetadas, não passe para outros pertences. Poderá apostar no uso de sacos/cestos descartáveis, senão deverá desinfetar os sacos/cestos reutilizáveis constantemente;
  • Cuidados durante o processo de lavagem: Não deverá nunca agitar a Farda antes de terminar o processo de lavagem e secagem da mesma, visto que, se a Farda estiver contaminada com o vírus COVID-19, estes vestígios poderão se espalhar no ar ou em sua casa;
  • Processo de lavagem: Para tratar de todo o processo de lavagem, recomendamos a utilização de luvas descartáveis. Caso não as possua, deverá lavar imediatamente as mãos após esta tarefa;
  • Lavagem: Deverá lavar a Farda à temperatura mais elevada que ela poderá suportar, tendo em conta a etiqueta de composição. Tudo indica que o vírus COVID-19 é eliminado em temperaturas a rondar os 60º, por isso escolha um ciclo de lavagem que permita esta temperatura;
  • Alternativa a lavagem de 60ºC: Caso não possa lavar a sua Farda a temperaturas a rondar os 60º, deverá ser feito um ciclo de lavagem e outro de desinfetação das Fardas;
  • Carga da máquina: As Fardas devem ser lavadas numa carga não superior a metade da capacidade da máquina de lavar;
  • Frequência de lavagem e de troca da Farda: A Farda deve ser lavada todos os dias. Nunca deverá usar a mesma Farda mais que um dia sem antes a lavar. Se achar necessário, troque até de Farda durante o dia;
  • Desinfetação da máquina: Deverá também garantir que, após a lavagem das suas Fardas, faz a higienização da sua máquina. Verifique sempre se a máquina está vazia antes de o fazer;
  • Secagem: Algo que deveremos ter em atenção é a boa secagem da Farda. Isto deverá ser feito em altas temperaturas, de preferência na máquina de secar;
  • Ciclo de secagem: É recomendável colocar as Fardas no ciclo de secagem mais longo após a lavagem, para garantir que, após disso, as peças estão completamente secas. As máquinas de secar podem atingir temperaturas por volta de 65°C, o que permite eliminar o vírus COVID-19;
  • Secar ao sol: Se não tiver uma máquina de secar, poderá sempre secar ao ar livre. Tenha em atenção que quando o faz, seja um dia de temperaturas relativamente altas e deixe secar as peças ao máximo, garantindo que não resta qualquer tipo de humidade;
  • Passar a ferro: É recomendável optar por passar a ferro todas as peças após a secagem, pois garantirá a eliminação de qualquer tipo de vestígios que ainda possa existir do vírus COVID-19;
  • Plástico e metal: Os especialistas tendem a crer que em objetos de metal e de plástico, o COVID-19 tem a tendência a permanecer por um período mais longo de tempo. Por isso deve se prestar atenção a botões e a fechos.

CUIDADOS-A-TER-COM-AS-FARDAS_-COVID

Durante este período COVID-19, a DAUTI tem ouvido os seus clientes e as suas necessidades específicas de negócio. É por isso que temos desenvolvido Fardas e outro tipo de equipamento que dão solução a vários problemas das empresas:

– Fardas com características antibacterianas;

– Fardas que permitem lavagem a temperaturas superiores a 60º;

– Fardas impermeáveis ou repelentes à sujidade e a líquidos;

– Entre muitas outras opções.

No mercado, de momento, são as melhores escolhas que poderá fazer para a sua empresa para garantir a sua segurança e a segurança dos seus colaboradores.

Para mais informações contacte-nos através do nosso telefone +351 252 955 336, por email comercial@dauti.pt ou pelo formulário do nosso site em https://www.dauti.pt/pt/contactos .

Deixe a sua opinião sobre esta temática nos comentários abaixo.

https://www.dauti.pt/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *